.

Eterno é este mar em que tuas lágrimas navegam e a brisa suave que levou de ti a ilusão ...e nesta bruma ocultas teus sentires de mim ... (Celina Vasques )

sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

Sempre...



Não precisas falar–me de amor
Somente caminha comigo de mãos dadas
À beira mar...
Vem respirar comigo a fragrância do mar, e sentir
A brisa a tocar nossos rostos
Olha-me com olhos qual beijasse
o meu coração... Deixa-o sentir esta emoção abissal...

Sentemos no topo desta colina
Ah! Sinto que posso voar quão pássaros voam além
Do arco Iris...
Olha o firmamento comigo... É tudo tão belo Amor
porque estás aqui...

Não precisas falar-me de amor...
Eu sinto o brilho do teu afeto...
Apenas beija-me...
-Loucamente-
Aperta-me em teus braços com ardor
- num amplexo eterno -
E eu jamais acordarei deste sonho...

E se nunca mais te encontrar ... Guardarei na memória
O momento mais luminoso que vivi
E eu vou te amar
Com um amor de verdade... Sempre!
Sempre...




celina vasques