.

Eterno é este mar em que tuas lágrimas navegam e a brisa suave que levou de ti a ilusão ...e nesta bruma ocultas teus sentires de mim ... (Celina Vasques )

terça-feira, 17 de janeiro de 2012

SAUDADES DO MAR




Tenho saudades do mar...
de olhar o infinito
do sol nascendo no horizonte...
o doce crepúsculo no fim das tardes
e nas maravilhosas noites ao luar!

Tenho saudades do mar...
daquele cheiro gostoso de sal
aroma inconfundivel...
das ondas marulhando e quebrando
como canções de tenor á beira mar.

Tenho saudades do
verde esmeralda de
suas águas límpidas e
de seu requebrado ao
lançar as suas espumas que
estendem-se nas areias
com suas águas a me acariciar!

Adoro a solidão de suas praias
das velas que flamejam ao vento
das gaivotas a voar...
Quantas vezes quis atravessar o
oceano para medir suas distancias..

Ah! vontade tão grande
de nas suas águas navegar!





CELINA VASQUES