.

Eterno é este mar em que tuas lágrimas navegam e a brisa suave que levou de ti a ilusão ...e nesta bruma ocultas teus sentires de mim ... (Celina Vasques )

quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

RIO NEGRO (AMAZONAS)



RIO NEGRO

Da minha varanda vejo entre árvores e telhados...
o Rio Negro!
Com sua imensidão e beleza no horizonte
a lua ilumina aquelas águas caudalosas e escuras...
as estrelas brilham como tapetes luminosos
no céu...resplandecente...

Nas areias pequenas espumas que lentamente
vão desaparecendo em movimentos
uniformes e sussurrantes...

O mistério...a fascinação
de todas as lendas contadas pelos velhos indígenas...
a crença irreal..no sobrenatural!

A tentação da longa travessia
deslizando em suas águas calmas e doces...
quentes...faltava apenas um trovador!


celina Vasques