.

Eterno é este mar em que tuas lágrimas navegam e a brisa suave que levou de ti a ilusão ...e nesta bruma ocultas teus sentires de mim ... (Celina Vasques )

segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

RETALHOS



Busco um poema perfeito
escrito com amor e desejo
nos retalhos de meus defeitos
qual pedaços de amores
desfeitos à luz
dos meus espelhos
onde refletem a paixão!

Ontem vivia esse amor perfeito
cheio de sorrisos e anseios
caminhando por estradas de flores
canções de amor e cores
como pássaros a arrulhar
em minhas mãos!

Por um momento pensei (e vivi)
entre nossas almofadas e sedas
que eu pudesse ter
a certeza desse amor ...
e eu acreditei em ti!


Parti-me em fragmentos
onde os pedaços qual
luzes brilhavam e eu cria
que eram estrelas iluminando
todas voltadas pra mim!

Vagando sozinha
em busca de meus sonhos perdidos
me descubro sobrevivendo
trilhando novos caminhos
mas escrevendo poemas de amor!







CELINA VASQUES