.

Eterno é este mar em que tuas lágrimas navegam e a brisa suave que levou de ti a ilusão ...e nesta bruma ocultas teus sentires de mim ... (Celina Vasques )

sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

PRA TI MEU AMOR...MAIS UMA VEZ!



Pra ti meu amor... Mais uma vez te escrevo que:
Sou o silencio quando estás a sonhar
Pois faço parte dos sonhos teus...

Quando tu menos esperas
Te Surpreendo fazendo parte de Teus pensamentos
Sou a cada instante e em todos os segundos
Todas as lembranças tuas... As cicatrizes de tua alma!

Sei que não aprendeste tal como eu a viver na solidão
E a minha ausência pra ti é tão insuportável
Quanto é a tua pra mim... E a beira deste abismo
Vamos vivendo fazendo de contas que nos esquecemos e não
Compartilhamos nossas dores... Nossos sentires!

E,assim vamos perdendo todas as chances que o amor nos deu...
Perdemos nossa alegria e o sentido da vida que é ser feliz!
Precisamos viver o nosso presente...
O que vivemos no passado foi lindo apesar das mágoas
Mas vamos olhar para o futuro... Quem sabe?
Poderemos ainda ser felizes!




CELINA VASQUES