.

Eterno é este mar em que tuas lágrimas navegam e a brisa suave que levou de ti a ilusão ...e nesta bruma ocultas teus sentires de mim ... (Celina Vasques )

sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

PRA TI AMOR PLATÔNICO!





Pra ti amor platônico!


Te guardarei em minha alma
Como se foras uma canção cuja partitura
Perdeu-se no tempo e a melodia doce
Jamais tocada por outro alguém
Soará no silencio... De minhas recordações
Mais íntimas... Profundas!
Qual o beijo que nunca te dei...
E eu te amarei sempre e para sempre
Como se estivesses toda a vida perto de mim!


celina vasques