.

Eterno é este mar em que tuas lágrimas navegam e a brisa suave que levou de ti a ilusão ...e nesta bruma ocultas teus sentires de mim ... (Celina Vasques )

domingo, 8 de janeiro de 2012

PAISAGEM DOS SONHOS!



Murmúrios do vento... Cheiro de mar...
Ah! O aroma que vem de suas águas salinas!
Que me seja permitido fechar os olhos e sonhar
Com esta imensidão de suas ondas a marulhar
E a espumar sussurrantes na areia da praia
Entoando canções... De amor!

E nos dias de sóis abrasadores
Queimando-me a pele torna o dia mais ditoso e
A alma vaporosa em minhas caminhadas
distraída nas areias fofas
Na beira do Mar!

Paisagem dos sonhos!
Ó Mar
Amplo verde, inquieto bravio
Enigma marítimo
Tuas águas são muitas sem fim
Atração de quem te mira...
Extasio de quem em ti navega...
Para ti meu soneto!

Escrito em frente ao Mar




celina vasques