.

Eterno é este mar em que tuas lágrimas navegam e a brisa suave que levou de ti a ilusão ...e nesta bruma ocultas teus sentires de mim ... (Celina Vasques )

domingo, 8 de janeiro de 2012

OLHOS DE POETA...



Meus olhos não desgrudam de ti...
eles bebem a tua luz...obcecado por tua imagem
Revela-se pra encontrar os teus olhos
em algum lugar do mundo!

Meus olhos atravessando o oceano
fitando o infinito....e nesta imensidão
beijam o teu corpo distante!

Meus olhos transparentes
insinuam-se na madrugada
com a sua luz clara
influenciado pelo dia seguinte por um
sol nascendo... inflexivel
vazando minhas retinas.

Meus olhos testemunhas de nossa
estória de amor tão bela
quanto verdadeira...
escravo de u'alma apaixonada
derrama lágrimas desesperadas
por meus delírios insanos...


celina vasques