.

Eterno é este mar em que tuas lágrimas navegam e a brisa suave que levou de ti a ilusão ...e nesta bruma ocultas teus sentires de mim ... (Celina Vasques )

domingo, 15 de janeiro de 2012

NÃO SEI!



Não sei como aconteceu...
só te vi em retratos
nunca ouvi tua voz
a chamar-me
eu só sei que te amo!

Não sei como é o teu beijo
teus afagos
teu acalanto
teu cheiro
mas sei que te amo!

Não sei como é o
teu corpo
teu rosto
teus cabelos
Nunca te vi dormir
sonhar...acordar
mas sei que te amo!


Não sei se foi acaso
ou destino
sem te conhecer te conheço
nunca te vi...
um oceano te separa de mim

Não sei das incertezas do amanhã
pois que não me pertence...
irei ver-te? conhecer-te?
Mas, eu só sei que te amo!





CELINA VASQUES