.

Eterno é este mar em que tuas lágrimas navegam e a brisa suave que levou de ti a ilusão ...e nesta bruma ocultas teus sentires de mim ... (Celina Vasques )

domingo, 15 de janeiro de 2012

MINHA NOSTALGIA



Olho em teus olhos
e procuro
desesperadamente
aquele brilho antigo
tão por mim conhecido
e que me falava de amor.

Procuro em teus braços
aqueles abraços que tantas
vezes me protegeram
me acolheram.

Olho minha cama vazia
tão fria e não te encontro mais

Com nostalgia qual esta poesia
te olho silenciosamente e
sinto minh'alma morrer em agonia!








CELINA VASQUES