.

Eterno é este mar em que tuas lágrimas navegam e a brisa suave que levou de ti a ilusão ...e nesta bruma ocultas teus sentires de mim ... (Celina Vasques )

sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

MELANCOLIA



Sentava-me ao piano
ao cair da tarde
e punha-me a tocar
melodias divinas...
cantava como um sabiá
cantigas de amor!
e tocava, e cantava
e sonhava
Fantasiava o amanhã...

Ah! Que ilusão como eu
acreditava no amanhã
esperava grandes emoções
paixões, meu coração se
inflamava e eu continuava
a dedilhar

A vida passando, eu continuo
tocando
só não consigo sonhar!



CELINA VASQUES