.

Eterno é este mar em que tuas lágrimas navegam e a brisa suave que levou de ti a ilusão ...e nesta bruma ocultas teus sentires de mim ... (Celina Vasques )

segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

LIBERDADE...



Em mim existe vastidão suficiente
para percorrer o mar
navegando em meus desejos
sem inquietar-me...
matar a saudade que ainda existe
com o orvalho da noite brincando com
a luz do luar!

Sei da inutilidade dessa lágrima que cai
nessa paisagem definitiva
são inertes e inúteis todos os gestos meus...
ajuda-me a entender este querer
sem isso sinto apenas um
grande vazio...

Diante da amplitude do tempo
e da imensidão do Universo quero
que surjas em mim
para sonhar os teus sonhos e
nessa viagem louca tendo em ti
o ilimitado é fascinante!

Teu rosto
meu jardim nas sombras
meus delírios
as flores sob a lua
A alegria
saber que existes pois
mata a tristeza de não estar contigo
agora...

Dança com o vento e escuta a canção
que fala de amor
sente toda esta maravilha ...vês?
É a Liberdade
agora nós podemos voar....e viver toda
a eternidade juntos!





CELINA VASQUES