.

Eterno é este mar em que tuas lágrimas navegam e a brisa suave que levou de ti a ilusão ...e nesta bruma ocultas teus sentires de mim ... (Celina Vasques )

domingo, 15 de janeiro de 2012

LEMBRANÇAS



Olho para o mar
regresso após
tantos anos ausente
caminho na branca praia
pés descalços
como nas manhãs de
minha infancia tão distante!

Viajo olhos fechados
transporte às memórias
onde o tempo
deixou suas marcas
me vejo distraída e dispersa
a recordar...

Pensava ter esquecido
o tempo em que eu era
apenas uma menina
e hoje ao retornar sou apenas
como a brisa que passa
e fantasia por instantes
momentos aqui vividos!

A lágrima consolo da saudade
que molha meu rosto
e escorre nas faces
lamento tudo que deixei de fazer
e o que fiz de errado...
por sonhos que nem lutei
pessoas que tanto amei
e que hoje pertencem ao passado!







CELINA VASQUES