.

Eterno é este mar em que tuas lágrimas navegam e a brisa suave que levou de ti a ilusão ...e nesta bruma ocultas teus sentires de mim ... (Celina Vasques )

domingo, 15 de janeiro de 2012

LÁGRIMAS...



Espelho dos meus sonhos
sorriso refletindo teu rosto
que eu não consigo esquecer!

As lágrimas secretas disfarçadas
em meus olhos e que
deixam em mim a sensação
de caminhar solitária na multidão.

Amor que me tomou
todos os beijos e abraços
que elevou-me ao ceu
para depois condenar-me
ao inferno da saudade
e do esquecimento!

Voce tesouro que encontrei
a canção que não cantei
o verão que virou outono
o amor que não durou
marcou
maltratou e se foi!

E na despedida
jamais esquecerei
tuas lágrimas e as minhas...
as tuas de compaixão
as minhas... as guardarei como
lembranças desse amor passado!







CELINA VASQUES