.

Eterno é este mar em que tuas lágrimas navegam e a brisa suave que levou de ti a ilusão ...e nesta bruma ocultas teus sentires de mim ... (Celina Vasques )

domingo, 15 de janeiro de 2012

INGRATIDÃO




Amei
Como jamais
alguém irá amar-te!

Amei teus beijos
teu cheiro
as tuas promessas de amor

Amei teu corpo
teus gostos
incertezas... teus medos!

Caminhei contigo longas estradas
queria ser qualquer coisa tua
mulher, amante, amiga
tocar-te
ver-te
amar-te
e era tão pouco
o que eu pedia!

Depois no silêncio
do nosso descanso
na paz do nosso abraço
falava baixinho desse amor
amei... amei... sim!
Foi voce quem
não soube amar-me!




CELINA VASQUES