.

Eterno é este mar em que tuas lágrimas navegam e a brisa suave que levou de ti a ilusão ...e nesta bruma ocultas teus sentires de mim ... (Celina Vasques )

segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

FRAGMENTOS DE MIM...



Tento alcançar as estrelas
- fragmentos de mim -
dispersas no céu sem que a
esperança desanime ante a distancia
Ah! só os fortes conseguem continuar
a viver mesmo depois do sonho
deixar de existir!

Este devaneio inalcançável
- tocar o céu -
e mesmo que a cada dia
pareça impossivel...
tentar sempre suportando
os obstáculos impelidos pela vida!

Quem sabe, num dia
de pleno verão em
noite divina derramando luz por toda
a constelação da terra
possa esse sonho impossivel
transformar-se numa linda Poesia!

Hoje, alcanço o que não existe o que transpus
e contemplo o que busco:
"encontrar pedaços vividos"
mesmo que o céu esteja cinzento
mesmo assim ouvir as canções dos anjos
até que as estrelas se apaguem...

O anoitecer não me desanima
nem o mistério insone
quando encontro a solidão
é qual tocar o paraíso!




CELINA VASQUES