.

Eterno é este mar em que tuas lágrimas navegam e a brisa suave que levou de ti a ilusão ...e nesta bruma ocultas teus sentires de mim ... (Celina Vasques )

terça-feira, 17 de janeiro de 2012

FOLHAS SECAS



Folhas caídas pelo chão..
pelo longo caminho percorrido
abandonadas...secas...mortas...
espalhadas pelas trilhas
onde o horizonte timidamente
deixa transpassar
sua luz entre as árvores....

Minha boca está com o gosto
amargo da derrota...do descaso...
qual o meu corpo tremulo e vacilante
nas passadas pausadas
enquanto pensamentos confusos
fazem minha cabeça girar...

Ao acaso
deixo passar o vento
no entardecer
cabisbaixa e vencida
com meus lábios contraidos
com a revolta a me arder n'alma...

E tudo passa...
o tempo e a vida
os ventos e as tempestades
só não passam os sonhos...
e esta dor atroz desse
amor que por ti não passa!

E as folhas secas caídas
são levadas pelo vento...







CELINA VASQUES