.

Eterno é este mar em que tuas lágrimas navegam e a brisa suave que levou de ti a ilusão ...e nesta bruma ocultas teus sentires de mim ... (Celina Vasques )

domingo, 8 de janeiro de 2012

Êxtase...



Notas de prazeres flutuam em
harmonia pelo ar...
lua cheia prateada... estrelas a brilhar
Acordes crescentes
sinfonias de amor
teu corpo em êxtase e fantasia
paixão desenfreada
chegamos aos ultimos acordes
àvidamente nos devorando
queimando...

Este amor
embrenhado em nosso ser...
com sua erótica e etérea presença...

Chôros!
gritos!
arrepios!
Loucos!
Gôzo!
Êxtase!

E a melodia agora morna
suave
plácida
serena
nos faz adormecer até que os primeiros
raios sonolentos da manhã
e o tumulto clamoroso dos pardais
nos venham despertar
na magia do amanhecer!



celina vasques