.

Eterno é este mar em que tuas lágrimas navegam e a brisa suave que levou de ti a ilusão ...e nesta bruma ocultas teus sentires de mim ... (Celina Vasques )

domingo, 15 de janeiro de 2012

EU...E MINHA SOLIDÃO!



Olho para o horizonte a espera de ti...
os dias vão passando...arrastam-se lentamente
a noite faz-se dia...o dia se perde na escuridão
da noite...
conto estrelas...elas brilham tanto lembro de teu olhar...
e a lua...cúmplice dos enamorados
olha-me através de seus raios...
- acho que ela sente compaixão de mim -
E...continuo a esperar...e se penso que já vens
tornas a partir...
e se penso que poderia ser feliz...
as lágrimas voltam a rolar no meu rosto
e todas as dores do mundo se concentram aqui...
em frente ao mar...que marulha qual murmúrios
de meu coração partido....


CELINA VASQUES