.

Eterno é este mar em que tuas lágrimas navegam e a brisa suave que levou de ti a ilusão ...e nesta bruma ocultas teus sentires de mim ... (Celina Vasques )

terça-feira, 17 de janeiro de 2012

DEVANEIOS DO PASSADO



As estrelas brilhavam no céu
o luar nos invejava
eu sentia-me nas nuvens
porque estavas aqui
neste lugar em frente ao mar.

Violinos tocavam canções
imaginárias e inesquecíveis
mas eu não contava estrelas
porque somente te via!

Nada além de teus olhos
teu sorriso
nos teus braços eu só conseguia
sonhar profundamente contigo!

Ao acordar todas as manhãs
te via radiante
sussurrando em meus ouvidos:
"ama-me ternamente com doçura"

Completamente apaixonada
volto aqui a suspirar
este sentimento verdadeiro
que por ninguém vivi...

Acompanhada da solidão
vagueio sem rumo e distante
no meu coração recordações...
devaneios do passado!




CELINA VASQUES