.

Eterno é este mar em que tuas lágrimas navegam e a brisa suave que levou de ti a ilusão ...e nesta bruma ocultas teus sentires de mim ... (Celina Vasques )

domingo, 8 de janeiro de 2012

DESLUMBRAMENTO



O amor é mera utopia
Apenas gritos no silencio das noites
Lágrimas na busca constante
De destinos dispersos...

O amor é a alma que clama e queima
As fantasias que vestimos nos
devaneios sentimentais
Ao enganarmos a nós mesmos
com figuras tocantes
Cujas imagens são apenas miragens!

O amor é uma onda que se forma
No mar bravio... Impetuosa
Abrasadora... Ardente
Que te cerca... Enrola-te
E que te afoga!
O amor é apenas um reflexo de tua sombra
Devolvida no espelho da vida uma procura
De si próprio em
Vultos distantes...

Amores nada mais são que poemas escritos
Em noites estelares e de luar resplandecentes
Cantares poéticos de almas apaixonadas...





celina vasques