.

Eterno é este mar em que tuas lágrimas navegam e a brisa suave que levou de ti a ilusão ...e nesta bruma ocultas teus sentires de mim ... (Celina Vasques )

segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

DESEJOS ETERNOS



Extasiava teus gemidos
breves prazeres em momentos sem fiim
eu flutuando transpunha teu destino....
Ah! este amor que emergiu do infinito
tão perfeito... existiu encanto
risos
pranto
lágrimas de alegria
desejos eternos
imensurável sedução absolutamente constantes...

Mas, sempre os mesmos intermináveis
caminhos findou o amor
cinzas dos sonhos
no íntimo da alma saudades
Tu segues sempre em trilhas contrárias
e eu sozinha
minguando no fim...o fracasso!





celina vasques