.

Eterno é este mar em que tuas lágrimas navegam e a brisa suave que levou de ti a ilusão ...e nesta bruma ocultas teus sentires de mim ... (Celina Vasques )

domingo, 15 de janeiro de 2012

CONTRADIÇÃO



Vais partir
não digas nada
tudo já foi dito
não me queres
e eu não posso te
obrigar a amar-me!

Segue teu destino
tu assim o quiseste
e nada posso fazer
a não ser
conformar-me!

Não, não vou sofrer
esta lágrima ardente
é tão somente
por causa do vento
que sopra forte não
deves preocupar-te!

Eu até consigo acenar
sorrir
Quero apenas que
sejas feliz
mesmo com o
coração em pedaços
vou procurar resistir...

Se na tua caminhada
soluços escutares
- meu pranto -
não te impressiona
não é nada
estou apenas
emocionada com
a beleza do mar!

Ah! Mas por favor
não te voltes
posso correr ao
teu encontro e te
pedir que não vá!

E se mais tarde
tua saudade
te fizer regressar
eu vou estar aqui
neste mesmo lugar
a esperar... pois
jamais deixarei
de "te amar"!







CELINA VASQUES