.

Eterno é este mar em que tuas lágrimas navegam e a brisa suave que levou de ti a ilusão ...e nesta bruma ocultas teus sentires de mim ... (Celina Vasques )

domingo, 15 de janeiro de 2012

AUSÊNCIA DE MIM



Caminho na beira da praia
faz frio...as ondas marulham
tão fortes...ferozes
como as batidas do meu coração

O mar revolto como se
soubesse ler
o coração do poeta!

O vento chora minha dor!
Estou à tua procura
e nesta busca
do meu sonho e da minha
loucura
meu coração sem destino
vai levando meu segredo
até o fim!

Vou deixando
minhas pegadas na
areia alva
olho para o infinito
cinzento...triste
qual minhas lembranças

dessa Ausência de Mim!




CELINA VASQUES