.

Eterno é este mar em que tuas lágrimas navegam e a brisa suave que levou de ti a ilusão ...e nesta bruma ocultas teus sentires de mim ... (Celina Vasques )

terça-feira, 17 de janeiro de 2012

MEU ANJO



Amor centelha divina...
que sinto e trago no coração e
que me faz escrever poemas...
e a pensar nas
estrelas pois todas as vejo em ti!

A força dos teus olhos
olhando nos meus...
cintilando o brilho perdido
me devolvendo a esperança
e ao gritar nos meus versos
esse amor
mais que perfeito e que
arde em meu peito
e é todo pra ti!


Vem-me à memória
quando a lua reflete
no mar cujas ondas se quebram na praia
Tu, bem junto a mim a
cantar canções infindas cujos acordes
me falam segredos, sussurros de amor
qual beijos doces
e os teus braços me enlaçam
e amarram
meu corpo colado ao teu!

E nesse fulgor sublime
nessa essencia de minha
infinita verdade
qual a energia de uma prece
que ilumina nossas almas
és tu... anjo da minha vida
o amor enviado por Deus!

Celina vasques