.

Eterno é este mar em que tuas lágrimas navegam e a brisa suave que levou de ti a ilusão ...e nesta bruma ocultas teus sentires de mim ... (Celina Vasques )

terça-feira, 17 de janeiro de 2012

ABRAÇA-ME!



Abraça-me...
Aperta-me em teus braços
e neste amplexo deixa-me chorar
no aconchego de teu corpo
tão amado
não mais me deixes só
foram tantas... as saudades de ti!


Abraça-me ...
Sem ti sou apenas um pássaro
solitário ermitando pelas madrugadas
deixa-me fechar os olhos
respirar por tuas narinas...
e ouvir as batidas
do teu coração!

Abraça-me...deixa-me
sentir esta emoção
tão doce...terna... envolvente
não mais me abandones
porque
eu não posso viver sem ti!

Abraça-me ...
dá-me o teu amor somente
deixa a lua ser testemunha
deste tão sonhado momento
e que minhas lágrimas
sequem ao vento!


celina vasques





ESSE POEMA ESCREVI PARA MEUS 3 FILHOS(JUNIOR,CLAUDIA E FELIPE)